A Arte do Russo ANTON SEMENOV


Nascido em 1982 na cidade de Bratsk, Russia, Anton Semenov desenha desde criança e aos 14 anos já cursava computação gráfica. Trabalha como ilustrador em uma agência de publicidade. As horas vagas são divididas entre o desenho e a guitarra. Seu trabalho é 100% digital e utilizando os softwares CorelDraw 13 e 3Ds Max, além de uma câmera Sony R-1. Seus desenhos são sombrios, críticos e enquanto alguns mostram uma certa frieza e ceticismo, outros trazem embutida uma forte carga dramática e emocional. Já ilustrou capas de  livros e de discos.


















0 comentários:

O Novo Nome na Moda: MELITTA BAUMEISTER


Melitta Baumeister faz parte da nova safra de designers formados pela Parson’s New School of Design MFA e, depois do sucesso da sua coleção de formatura apresentado na Semana de Moda de Nova York 2013, lança sua coleção individual para o Outono / Inverno 2014, estabelecendo a sua própria marca .


A designer alemã, agora sediada em Nova York, tem o volume como marca registrada em suas coleções , misturando moda e escultura em um processo que desafia a construção têxtil, com roupas moldadas em silicone.



Seu olhar futurista é monocromático. Sua coleção de pós-graduação foi toda branca, enquanto sua segunda coleção é quase toda em preto. Nascida em uma família de alfaiates , ela aprendeu a prática antes da teoria e diz que os 6 anos a estudar design de moda a fez “entender e desenvolver a sua própria linguagem como designer e como artista”.


Melitta se diz inspirar-se na curiosidade pelo estranho e pelo novo. Sua abordagem é focada em diferentes formas de olhar para a moda. Rihanna e Lady Gaga já figuram entre suas clientes e o sucesso para ela é uma resposta à sua expectativa se sua arte realmente tem alguma relevância para as pessoas.


Fotos: PAUL JUNG
Stylist: ASHLEY OWENS
Make-up: SKY OH
Hair stylist SHANNON WALL

Modelo: COLLEEN MINER 



0 comentários:

Um Inquietante Aperto de Mão COM UM ESTRANHO


A paralisia do sono tem sido recorrente na vida de Nicolas Bruno desde os 15 anos de idade. Atualmente com 21 anos ele conta que já experimentou alucinações e extremo terror durante seus sonhos. No meio do caminho entre o sono e a consciência, Bruno entra em um dreamscape assombrado de figuras sem rosto e terras onde névoa brota da grama em plena luz do dia e a fotografia ajuda a amenizar esses pesadelos.


O trabalho de Bruno é repleto de simbolismos, dando aos espectadores a capacidade de interpretar abertamente a história e conceito de cada composição, experimentando as sensações de seus pesadelos.


Cuidadosamente compostas e bem executadas, as imagens perturbadoras de Nicolas Bruno lembram o trabalho dos surrealistas, de René Magritte , em particular. Como Magritte , Bruno cria uma sensação altamente inquietante no espectador, colocando objetos do cotidiano em lugares inusitados. Para criar essa atmosfera sinistra em suas fotos, o fotógrafo inspira-se na obra de artistas como Caravaggio, Jacques -Louis David e o artista contemporâneo Gilles Beloeil.



Aterrorizado e fascinado por suas visitas a esta terra de sonhos horríveis, Bruno descreve seu trabalho como um aperto de mão inquietante com um estranho. Uma vez familiarizado, no entanto, é como uma porta aberta para a compreensão de quem ele realmente é.







0 comentários: