A Surrealista Remedios Varo


Embora muitas mulheres tenham se dedicado às artes através dos tempos, poucas conquistaram tanto reconhecimento quanto os homens.
E para quem pensa quem o surrealismo foi feito apenas por Salvador Dali e Juan Miró, resgato aqui o trabalho da também espanhola María de los Remedios Alicia Rodriga Varo y Uranga, ou simplesmente Remedios Varo, considerada por muitos especialistas melhor que seus famosos conterrâneos.


Nascida na Cataluña em 1908, ela mudou-se para Paris durante a Guerra Civil Espanhola. Na cidade luz ela foi fortemente influenciada pela vanguarda que deu origem ao movimento modernista.
Quando a Françafoi dominada pelos nazistas ela, já casada, mudou-se com o marido para o México, onde viveu até sua morte em 1963 e onde produziu suas obras mais importantes.


Dona de uma técnica impressionante, Remedios Varos transitava pelas profundezas da alma humana, retratando mundos invisíveis ou secretos, indo das fantasias aos pesadelos, do encantamento ao medo, sempre com uma espantosa força criativa.
Amiga de Frida Kahlo e Diego Rivera, Remedios Varo tem sua melhor fase de 1949 a 1963, contudo sua pintura não possui fases completamente distintas ente si, como acontece com diferentes pintores. Fiel a seu estilo, Remedios Varo possuia um padrão e rigor estético que remete a arte flamenga do século XV.







0 comentários: